sábado, 5 de março de 2011

Cadê nossa tradição?

Estou eu aqui, na abertura do carnaval em casa, vendo a transmissão da globo(que só mostra o que quer, não o que o folião deseja), me perguntando "onde está a tradição do carnaval pernambucano?" bem, a transmissão da globo começou logo após um programa já repetido(como sempre) que foi por volta das 22hs, e só agora as 0:21 que com Elba Ramalho tocaram músicas pernambucanas no mesmo TOM, que foi uma música do saudoso Chico Science, antes disso, passou Pitty, Marina Lima entre outros cantores que fiz questão de não gravar o nome, pois não tem nada haver com a NOSSA CULTURA!

Cadê o frevo?
Cadê o Maracatu?
As imagens das prévias de Olinda e Recife?



 Acho que nós nos deixamos levar muito pela cultura externa, esquecemos nossas raízes. Andar descalço na areia, jogar bola narua sem sapato, pular, brincar, não é só em questão carnavalesca, esquecemos geral nossas tradições, os brinquedos hoje em dia brincam por nós, qual a graça disso? Cadê a criança jogando pião, fazendo carrinho de lata, montando sua própria pipa?

Mas voltando ao nosso carnaval, a prefeitura abril espaço pra bandas de fora vierem e tocar o que quiserem contanto que toquem 1 ou 2 músicas daqui no seu repertório, onde já se viu Forró na maior festa de carnaval do mundo?(o famoso galo da madrugada).
Todo o ano me pergunto, por que porcaria a GLOBO NORDESTE transmite DESFILES DE ESCOLAS DE SAMBA DE SP (que é uma copia do Rio) E DO RIO DE JANEIRO? Ao invés de mostrar o carnaval daqui do Recife e Olinda, garanto que temos mais de 30hs de carnaval por dia(sim eu sei que o da só tem 24hs), sim, pois nós não temos um fim de semana de carnaval, temos no mínimo 1 MÊS E MEIO de carnaval(claro que contando com as prévias) e quase uma semana de carnaval oficial (que é muito mais que 2 dias de desfile...e não é nem uma festa, é só um desfile).
Naná Vasconcelos deu um show comandando em média 10 grupos de Maracatus. O maestro Spok também deu um show como sempre junto com outros artistas, dando um showzaço no palco do Marco Zero, isos sim é cultura Pernambucana de verdade, não essas coisas que querem impor sobre nós, temos que nos impor, começar a cobrar o que é nosso de direito!

Eu sou Rodrigo Vodu dizendo: "Se que quiser ouvir axé eu vou a Bahia e samba no Rio e SP!"
Postar um comentário