terça-feira, 2 de agosto de 2011

"Tudo é Relativo!"

Esse post vai em homenagem a dois parceiros Alê, vulgo Alessandra e ao Jay, vulgo jorge.
Essa frase que permeia as conversas, penso eu, que em todo o território nacional. Essa frase que meus amigos Alê e Jay tanto odeiam. Por quê?
Simples, porque essa é a frase destruidoras de qualquer formulação de teorias. A conversa está fluindo, as conexões sendo feitas, as idéias estão fluindo, tudo está seguindo, menos para um ignorante que tá voando e só abre a boca uma única vez no meio de tudo para dizer: "Mas, tudo é relativo.". Pronto, acabou a conversa, nem ele explica a razão da relativização por ele feita e muito menos explica a causa, razão ou circunstância para aplicação dessa acertiva. a conversa para, afinal de contas realmente TUDO É RELATIVO, e todo mundo fica com cara de tacho!
Se ao menos o ignorante continuasse: "Mas tudo é relativo, por exemplo, perceba que de acordo com a teoria tal essa idéia por vocês levantanda é refutada por tais elementos, agora se vocês estiverem apenas debatendo tendo como base a teoria Y, isso realmente é plausível."
Isso é uma forma inteligente de usar a frase pois da panos para mangas para que a discussão avance e fica ainda mais densa.
Mas praticamente ninguém utiliza essa frase nesse contexto, apenas afirma que tudo é relativo e ponto.

Aqui é Elrond Bruno afirmando sim tudo é relativo até o uso da frase "tudo é relativo" é relativo pode ser usada para o bem ou para exterminar conversas. 
Postar um comentário