terça-feira, 26 de abril de 2011

Eu sou um Herói, você não?


Ah, revistas em quadrinhos de super-heróis, filmes de ficção ciêntifica, desenhos animados....bons tempos aqueles em que sonhavamos em ser heróis quando eramos crianças...bom pelo menos o meu sonho se tornou realidade. Tudo bem, não tenho super-velocidade, nem super-força(velocidade até que iria, pq os magrinhos geralmente são mais rápidos, mas super força? ahuahauahua...ótima piada)...bem, como dizia antes de ser interrompido por esse comentárista chato (chato é vc, e mais respeito! Sou sua consciência)...conciência, eu morri?!(ah, fala sério, Procurando NEMO aqui não, pelo menos não nesse post e se não terminar logo vai realmente morrer!!).
Ok, Ok, continuando...Sempre que eramos crianças (e alguns adultos) sonhavamos em ter super-poderes, ajudar a humanidade e esses blábláblá's todos que conhecemos, pois agora eu digo meus caros leitores (os poucos que lêem)...vai deixar eu terminar? (foimaltio, continua), não precisamos de poderes para sermos heróis (não?)...não!(que bom! Por que?)Porque como diz aquela barata que matei semana passada "pequenas atitudes fazem uma grande diferença"...(...sério?...uma barata...¬¬'...uma barata...vou te dar uns tapas!). Mas é sério, saca só e acompanha meu raciocinio!(lá vem...).


Um bombeiro apagando incêndios, um salva-vidas salvando..vidas(dã!), um policial prendendo bandidos(ta ai uma cena rara), esses trabalhadores salvam vidas todos os dias, eles sim são heróis e quase nunca são reconhecidos por seus méritos (toow começando a entender!).
Tem gente que presenciam certas cenas e acabam sendo heróis(como assim?), tipo...vocÊ anda na rua com pouquissimo movimento com seu amigo e com uma senhora aparentando acima da casa dos enta, do nada uma pessoa a sua frente cai e torce o pé, você passa e vê o semblante de dor no rosto dela(tadinha...), você tem duas escolhas "1-parar e ajudar ou 2-continuar seu caminho" (mas a vida sempre tem 2 escolhas, bom, continua essa deixa pra outro post, o que você fez?) é, passei direto(malvado!!) mas alguns poucos metros depois a conciÇencia pesou (nem vem, naquele dia eu tava magrim, magrim...só pesava pouco mais de 120Kg) e voltei pra ajuda-la, junto com meu amigo, pra ela naquele momento fui um herói e tenho certeza de que quem está lendo, já fez algo parecido.
Uma boa ação sempre vale a pena, para quem gosta de ajudar os outros sem anda em troca, um obrigado e um sorriso já é bem gratificante( eita, é verdade, nos quadrinhos é isso que os heróis fazem, que legal!). Pois é, e acho que é assim que deveriamos pensar e viver, mas como o mundo não deixa, temos que lutar contra os vilões, mas essa parte deixo pra vocês imaginarem...


Aqui é Rodrigo vodu dizendo: "A maior felicidade do ser humano é estar feliz consigo mesmo!"
Postar um comentário