domingo, 18 de dezembro de 2011

Que venha 2012

É como nas grandes histórias, Sr. 2011. 
As que realmente tem importância.
Repletas de escuridão e perigo.
E, as vezes, você não queria saber o fim... porque como poderia ter um final feliz?
Como o mundo poderia voltar a ser o que era...depois que tanto mal aconteceu?
Mas, no fim, é só uma coisa passageira... essa sombra.
Até a escuridão tem de passar.
Um novo dia virá.
E quando o sol brilhar, brilhará ainda mais forte.
Eram essas historias que ficavam na lembrança...que significavam algo.
Mesmo que você seja pequeno demais para entender por que.
Mas eu acho Sr. 2011, que eu entendo, sim.
Agora eu sei.
As pessoas destas histórias... tinham varias oportunidades de voltar atrás, mas não voltaram.
Eles seguiram em frente... porque tinham no que se agarrar.
Nós nos apegamos, Sr. 2011.
Nos apegamos no futuro, só olhamos para o passado para não cometermos os mesmos erros.
Pois não vou desistir dessa guerra.
E irei contar nossa histórias para as futuras gerações.
E dizer de como nós vencemos cada obstaculo posto pelo Sr.
E encarar aquele senhorzinho do outro lado da muralha de cabeça erguida.
Agora me de licença que vou terminar minha escalada para reiniciar minha nova guerra do outro lado.
Passar bem Sr. 2011!




Aqui é Rodrigo Vodu dizendo: "Não existe triunfo sem perda, não há vitória sem sofrimento, não há liberdade sem sacrifício."


PS: Texto tirado do filme "O Senhor dos Anéis - As Duas Torres e modificado por Rodrigo.
Postar um comentário